Fase Jovem Avó

Mãe de fase jovem avó

No post de hoje, vou compartilhar com vocês essa fase jovem vovó.

Ser avó na juventude é uma consequência na vida de quem se tornou mãe ainda na adolescência. Pelo simples fato de termos filhos cedo, os netos também viram cedo, claro que para toda regra tem uma exceção. Como já havia falado um em post aqui do blog, engravidei aos 14 anos e minha filha nasceu quando completei 15 anos, hoje tenho 31a e minha filha 16a.

Não vou mentir, mas eu já me imaginava avó, principalmente quanto minha filha completou 14 anos. Olhava para ela e me via na mesma idade e passou vários filmes na minha cabeça, lembrei de todas as coisas que minha mãe me falava quando tinha a mesma idade. Na época era um saco, não vou mentir e hoje vejo toda a importância de cada palavra, frase e sermão. Me tornei mãe, e só quando entramos na vida materna é que damos valor e vem aquela frase clichê: “Bem que minha mãe falou” rss

Vou ser avó e tomei um susto, embora era algo que eu já imaginava que poderia acontecer, embora estivesse na torcida para não ser tão cedo como eu, Levi está a caminho, sim, é um menino e já é muito amo e esperado.

Já me perguntaram, qual é a sensação de ser vovó rss Simplesmente é uma sensação que só vivendo para saber, assim como a maternidade, não tem explicação, é algo que se sente e não se explica. Agora estou sentindo o mesmo que minha mãe quando eu engravidei, olho pra minha filha e me vejo á 17 anos atrás.

Uma coisa é certa, vou ser uma super vovó, afinal de contas, é como se fosse mais um filho, ser vó não é esta velha e sim a oportunidade de reviver toda a maternidade, mas com um olhar diferente.

dicas

A importância de ter um domínio próprio

No post de hoje vou compartilhar com vocês sobre as vantagens de ter um domínio para o seu blog. Espero que gostem e leiam o texto até o final.

Pra quem já tem um blog ou esta pensando em criar um, o domínio é muito importante, é através dele que personalizamos o endereço do site e email. Algumas blogueiras, por está começando, não dão importância para comprar um domínio e deixando para registrar depois que começam a crescer e ganhar seguidores e isso não é bom.

O domínio, para quem não conhece, é o nome do seu blog .com, .com.br, .gov, … ponto alguma coisa. Quando comecei, a primeira coisa que fiz foi me informar mais a respeito da parte burocrática, pesquisei em sites e assisti alguns vídeos no youtube, levantei as informações necessárias para dar os primeiros passos. Após ter escolhido o nome, fui no site do registro.com e verifiquei a disponibilidade do nome, estava disponível e finalizei a compra. Lembrando que, nem sempre o nome que você escolheu vai esta disponível, muitas das vezes ele já esta registrado, nesse caso, aconselho a escolher outro nome.


Depois do domínio registrado, você pode criar o site e email personalizado, fazer cartão de visita e identidade visual, para dar mais credibilidade a sua marca e mais segurança aos seus seguidores e futuros parceiros, lembrando que: Domínio e marca são 2 coisas diferentes. O próximo passo é o registro de marca, mas, esse é um assunto para o próximo post. Até lá!